Roubo no Centro de Muriaé



Na tarde de quinta-feira (22), policiais compareceram a Rua Barão do Monte Alto onde as vítimas Aparecida Cristina da Silva, 23 anos moradora do Bairro Santa Terezinha e Margareth Eugênia Faria, 25 anos moradora do Centro, relataram que foram roubadas por duas mulheres após realizarem saque em uma agência bancária.

Segundo as vítimas, após terem sacado a quantia de R$ 2.450,00 (dois mil quatrocentos e cinqüenta reais) e estavam na Rua Barão do Monte Alto, foram abordadas por duas mulheres. Uma delas deixou uma carteira cair ao chão e uma das vítimas abaixou, pegou e devolveu a mulher. Em seguida foram abordadas pela outra mulher que vinha logo atrás e tiveram suas bolsas puxadas por ela que saiu correndo na companhia da primeira tomando rumo incerto.

Na carteira de Margareth continha cartões de crédito, R$ 50,00 (cinqüenta reais), e documentos pessoais. Na bolsa de Aparecida estavam documentos pessoais, cartões de crédito, R$ 25,00 (vinte e cinco reais), além de R$ 2.450,00, que tinha sido sacado minutos antes, notas promissórias e documentos de uma moto que ambas estavam comprando.

Foi realizado rastreamento por diversas ruas da cidade mais não encontraram ninguém com as características passadas: uma de cor negra, trajando calça jeans, blusa estampada com flores, cabelos crespos com alisamento e óculos escuros. E a outra era gorda, cor clara, trajando calça jeans, camiseta branca, bolsa de cor prata, com cabelos alisados e óculos escuros.

VEJA TAMBÉM

  1. Linimar

    Penso que devo ser deveras exigente, ou o poder público municipal é que anda a passos de cágado. Por que ainda não foi criada a guarda municipal?? Foi prometido isso pelo atual prefeito na sua primeira candidatura, porém ainda não saiu do papel. Com a Gurada municipal a policia militar seria desafogada, permitindo assim, trazer uma sensação de segurança maior pra população.

     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *